Início
Domingo, 18 Novembro 2018
PESQUISAR
  CINEMA
  TEATRO
  MUSEUS
  LIVROS
  DISCOS
  OUTROS
  CONCERTOS
  TELEVISÃO
  TURISMO
  OUTROS
Concertos
Metropolitana encerrou com chave de ouro o Festival do Estoril

A Igreja dos Salesianos do Estoril foi palco, na noite de 29 de Julho, de um concerto com a Orquestra Metropolitana de Lisboa que, dirigida pelo maestro Massimo Palumbo, interpretou obras de Saint-Saëns, “Une Nuit à Lisbonne”, de Mendelssohn, “Concerto para Violino em Ré Menor”, sendo solista Suela Mulj, e de Mozart, “Concerto para Clarinete em Lá” com Iva Barbosa no solo.

Mais uma vez a Orquestra Metropolitana foi brilhante na execução das peças, não esquecendo a direcção de Massimo Palumbo, um maestro cujas mãos voam pelos diversos naipes da orquestra convidando-os e simultaneamente incentivando-os a arrancarem as sonoridades mais  nobres e exuberantes dos respectivos intrumentos.

Majestosa, embora um pouco teatral, Suela Mulaj interpretou o concerto de Mendelssohn com a alegria e a vivacidade, que o compositor imprime a algumas das suas composições, e com o amor e a paixão de quem trata o violino como seu amante! Uma excelente violinista, a albanesa  Suela Mulaj.

Iva Barbosa, que interpretou o “Concerto para clarinete em Lá” de Mozart, é um portento de sopro com o seu clarinete. E dizemos portento de sopro porque aguentar com o sopro todos os harpejos, trinados e mudanças de compasso que Mozart criou para aquela peça não é qualquer “sopro” que consegue.
Excelente na execução, com emotividade, muita segurança e uma presença, embora de pequena estatura, de grande artista e de grande instrumentista. Bravo Iva Barbosa!

Foi pois com chave de ouro que encerrou este Festival de Músicas do Estoril que apresentou grandes nomes da música e grandes instrumentistas na sua interpretação.




Zita Ferreira Braga



< Voltar

Registo

Actualidade
A nova introspecção de Jorge Molder

Foi na tarde de ontem, 05 de Dezembro, inaugurada “A Escala de Mohs”, a mais recente exposição fotográfica do artista plástico português.
Nelson Mandela morreu aos 95 anos na sua casa

Após vários meses em estado critico, Nelson Mandela, o mais emblemático resistente contra o Apartheid, morreu.
Não perca as grandes oportunidades do StockMarket

Está de regresso o Stockmarket, com os seus grandes descontos e oportunidades únicas para fazer um bom e sortido shopping.

 

Últimas notícias
RTP estreia "Os Filhos do Rock" retratando a década de 80
2013-12-08
Morreu Edouard Molinaro
2013-12-08
Júlio Resende encantou ao piano com temas de Amália Rodrigues
2013-12-08
 

 
© JORNAL HARDMUSICA. Todos os direitos reservados.
powered by Codezone